Quinta-feira, 12 de Agosto de 2004
Matadouro inaugurado em Setembro
O Matadouro Industrial da Ilha Terceira vai ser inaugurado no início do próximo mês de Setembro.

A data da inauguração da infra-estrutura construída na Zona Industrial da Praia da Vitória está dependente da disponibilidade de agenda do presidente do Governo Regional, Carlos César.

As obras estão praticamente concluídas, mas falta ainda dar formação aos funcionários que vão trabalhar com os equipamentos disponíveis na infra-estrutura que será homologada de acordo com os critérios estabelecidos pela União Europeia.

A transferência de instalações de Angra do Heroísmo para a Praia da Vitória deverá ser efectuada de forma gradual.
A nova infra-estrutura, que representa um investimento de dez milhões de euro, dispõe de três linhas de abate independentes e capacidade para tratar 20 bovinos, 60 ovinos e 80 suínos por hora.

O novo matadouro dispõe também de uma sala de desmancha com uma capacidade de corte por peça de 80 bovinos ou 60 suínos por hora, sendo servido por uma incineradora com capacidade para 300 quilos por hora, instalações para subprodutos, um digestor de volumes para 2.400 litros e uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR).


Passo importante

Segundo um dirigente da Associação Agrícola da Ilha Terceira (AAIT), o novo matadouro industrial representa “um passo importante e fundamental na qualificação da carne produzida na ilha Terceira, que passa a poder ser exportada em carcaça”.

Actualmente, 90 por cento da carne Terceira é exportada em vivo, sendo os animais acabados de engordar e abatidos no continente, o que desvirtua a base de criação dos animais nas ilhas, que é a pastagem.

Com a entrada em funcionamento do matadouro industrial abre-se a possibilidade de exportar a carne em carcaça, com cumprimento integral das normas de qualidade da União Europeia e oferta de mais valias financeiras aos produtores locais, acrescentou o dirigente da AAIT, declarando a sua estranheza pelo facto da nova unidade não possuir uma linha de abate para aves.

Na Terceira existem cerca de dois mil lavradores, dos quais meio milhar é produtor de carne, muitos deles a tempo parcial.

A associação agrícola estima que cerca de 20 por cento dos animais existentes nas pastagens da ilha sejam excedentários.

12/08/2004 - 10:43

Fonte: Diário Insular (http://www.diarioinsular.com)



""SERA QUE VAMOS TER MATADOURO???, PPL COM PARA OPERAR AS MAQUINAS =0% SERA QUE VAI SER MESMO INAUGURADO !?'!? SÓ PARA INGLES VER!!!!!!!!!!!


publicado por sys.systen às 23:26
link do post | comentar | favorito
|

Informação
pesquisar
 
Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

carlos moreira

Petição para libertar o s...

Terceiraçor Moto Club Pri...

Noiva de programador de j...

Violação de menor em Pont...

GMC Pad, o Carro-Casa do ...

Windows Vista Build 5308 ...

Virtualização: Microsoft ...

Internet Explorer: É grav...

Um novo systema operativ...

NASA exibira na quarta, a...

Casal termina relacioname...

arquivos

Maio 2007

Janeiro 2007

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Setembro 2004

Agosto 2004

Abril 2004

links
as minhas fotos
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds